Eventos

Setembro Amarelo foi marcado por diversas ações de combate ao suicídio

Durante o mês de setembro, a Prefeitura de São João do Sóter realizou diversas ações da Campanha do Setembro Amarelo. A campanha teve  como objetivo sensibilizar as comunidades sobre a valorização da vida   A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social promoveu vários encontros, os quais  foram executados  pela equipe de referência do CRAS, com apoio do Centro de Convivência  do Idoso e CadÚnico. Foram realizados ciclos de palestras na sede do município e nos povoados Axixá, São José e Santa Maria. 

“A campanha buscou conscientizar a sociedade a respeito da temática, levando conhecimentos sobre sintomas depressivos que  envolvem todas as faixas etárias, principalmente os jovens. Fizemos um grande trabalho de mobilização e conscientização. Queremos assim, informar à sociedade sotense que a Seecretaria de Desenvolvimento Social  está de portas abertas para dar o suporte necessário, àqueles que porventura necessitar",  disse a Secretária de Desenvolvimento Social, Neta do Quirino. 

 

Para a prefeita Josa Silva, o ciclo de palestras foi importante para aproximar ainda mais o poder público da população que necessita dos serviços da pasta. “A Assistência Social do município trabalha não  só no desenvolvimento de programas, mas também na assistência às pessoas que precisam de uma escuta qualificada. Nossos profissionais estão preparados para dialogar com o público", ressaltou.

 

 

SAÚDE

 

A Secretaria Municipal de Saúde também promoveu ações voltadas para a campanha. O Hospital Clodomir Rocha, as Unidades Básicas de Saúde e as escolas da rede municipal receberam ações como panfletagem, rodas de conversas e distribuição de abraços. 

 “A proposta do setembro Amarelo é tratar a saúde mental como prioridade. É necessário criar um novo paradigma relacionado ao tema suicídio; conversar ainda é a melhor solução e, essa dinâmica nas escolas, nas unidades de saúde e em vários ambientes de São João do Sóter contribuirá de forma positiva para mostrar que assuntos como este tornam-se fundamentais quando falamos e ouvimos sobre a importância do viver”, destacou a secretaria de Saúde, Maria do Carmo Lacerda.

 

DADOS

 

Segundo o Centro de Valorização da Vida (CVC), ocorre um suicídio a cada 40 segundos no mundo, totalizando um milhão de mortes por ano e as mortes tem maior incidência entre homens. O debate sobre o tema é importante, pois segundo a pesquisa 90% dos suicídios podem ser combatidos.

Mais em Eventos


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!