Assistência Social

Blitz educativa encerra ações da campanha Faça Bonito

A Prefeitura de São João do Sóter está comprometida em promover ações de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes. Sejam por ações pontuais ou por campanha, milhares de sotenses têm sido conscientizados sobre a importância do tema. Na manhã desta terça-feira, (18) dia “D” de Combate ao Abuso e á Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, realizou uma Blitz Educativa em diversos pontos da cidade.  As ações fazem parte da Campanha “Faça Bonito”, do Governo Federal.

 

  

"Essa blitz educativa é uma forma de alertar a população sobre a importância de denunciar. É necessário sensibilizar, informar e convocar a comunidade sotense para participar dessa luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes”, disse a Secretária de Desenvolvimento Social, Francisca Rosa.

 

 

 

A blitz foi realizada na Avenida Esperança em frente a Secretaria de Desenvolvimento Social e em frente a Primeira Igreja Batista. Outra equipe também se concentrou no portal de entrada da cidade. Além da panfletagem foi realizada a distribuição de kits “Faça Bonito”.  A ação idealizada pela Secretaria de Desenvolvimento Social contou com o apoio do Conselho Municipal dos direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, Conselho Tutelar, Centro de Referências de Assistência Social – CRAS e com o apoio do Projeto Semeando para o futuro da 1° Igreja Batista.

  

A prefeita Josa Silva, falou sobre a importância da campanha. “Todos os anos realizamos ações que visam despertar na população a importância desse tema. Estar atento e manter os cuidados com crianças e adolescentes é um dever de todos nós. Vamos continuar desenvolvimento ações em favor da proteção dos nossos pequeninos”, frisou.

 

  

 

A CAMPANHA

 

O dia 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituído pela Lei Federal 9.970/00.

A data faz menção a um crime ocorrido em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), que chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Araceli foi uma criança de 8 anos de idade que teve todos os direitos humanos violados. A vítima foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta da cidade. Apesar da natureza hedionda, o crime até hoje está impune.

A violência sexual praticada contra crianças e adolescentes envolve vários fatores de risco e vulnerabilidade quando se considera as relações de gênero, de raça/etnia, de orientação sexual, de classe social, de geração e de condições econômicas.

 

DENUNCIE

 

Ligue ou mande mensagem no WhatsApp

 

100 (Disk Direitos Humanos)

(99) 98412-0511 (Conselho Tutelar)

(99) 98446-0709 (CRAS)

(99) 98410-4342 (Polícia Militar)

(99) 99656-5008 (Disk denúncia nacional)

Mais em Assistência Social


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!

Prefeitura Municipal de São João Do Soter

PREFEITURA MUNICIPAL DE SãO JOãO DO SOTER

Endereço: RUA GRANDE \ CENTRO \ SÃO JOÃO DO SÓTER - MA \ CEP: 65615000

Horário de atendimento: 08:00 às 13:00

Contato: (99)3567-1094